Minnie #4 – “O Mistério da Cafeteira” (atenção contém Spoiler)

1 out

Eu não costumo fazer resenhas ou comentar edições muito recentes, pois muitos amigos que tem blogs de quadrinhos fazem isso com muita propriedade , e de uma maneira completa, inteligente  e bacana e eu não teria muito a acrescentar.Também não costumo falar mal, ou pelo menos não muito das edições que estão chegando. Mas também não posso fechar os meus olhos para coisas que são absurdas demais e me deixam perplexo com tamanhas sandices em alguns roteiros. Eu sei que algusn leitores ficarão incomodados com os meus comentários. Então eu já antecipo, é somente a minha opinião, eu não sou o dono da verdade, com certeca não. Se você desejar continuar tudo bem, mas contém spoiler eu conto os momentos mais relevantes do “roteiro” inclusive o final da história.

Tudo bem, então, você foi em frente!
Essa história “O Mistério da Cafeteira” que saiu recentemente na edição de Minnie #4 neste mês de setembro, eu já tinha na edição em inglês que está aí abaixo. Eu recebi essa edição no comecinho de setembro ou final de agosto não lembro bem, e logo depois percebi que essa históirinha italiana (publicada pela primeira vez em primeiro de outubro de 1995), foi publicada também nessa edição da Minnie.

Essa história da Minnie com participação da Clarabela e roteiro do francês François Corteggiani (nascido em Nice em 21 de setembro de 1953) e belos desenhos do italiano Roberto Ronchi, tinha tudo pra ser uma história muito, muito legal. Mas na minha modesta opinião ele teve o final mais “sem noção” que eu já li numa HQ Disney em muito tempo.

A Minnie está às voltas com uma cafeteira nova, até aí tudo certinho, vivemos num mundo consumista e estamos sempre comprando um ou outro aparelho doméstico mais sofisticado e cheio de recursos para facilitar cada vez mais  as nossas vidas.
A Clarabela também deu uma passadinha na casa da Minnie, um cafezinho cai bem, e as duas amigas podem colocar o “papo” em dia.

A Minnie está sei café em casa e gentilmente a Clarabela se propõe a ajudar e ir comprar o pó de café. Enquanto isso Minnie liga a cafeteira  para testar e nesse momento a cafeteira tem uma pane.
Minnie leva o maior susto, pois algo muito estranho está acontecendo com a tal cafeteira. Minnie também observa que Lá fora no portão Clarabela está parada, estática como uma estátua. Então a ratinha (eterna namorada do Mickey), vai pra rua e percebe um estranho fenômeno, tudo está parado. Pessoas feito estátuas, como se estivessem congeladas,  animais, plantas, tudo, tudo em absoluto estado de imobilidade. Sim tudo está muito estranho. Tudo está sem vida, estagnado, paralisado. Não há movimento algum em nenhuma parte da cidade nem o vento balança as folhas das árvores. Tudo parece uam pintura um desenho apenas isso.Tudo está parado como se fosse uma pintura, um quadro ou quadrinhos de um gibi XD. Absolutamente nada se move, tudo está em estado de animação suspensa. O helicóptero no céu parado com suas hélices totalmente imobilizadas, mas está lá como se estivesse  colado no pálido céu de Patópolis. Minnie caminha por entre pessoas, e animais e começa a interagir com aqueles seres inanimados.
Nessa história Minnie vai alterando coisas por onde passa, tudo para tentar ajudar de alguma forma os seus semelhantes.
Esses carros estão prestes a se chocar, com um grande risco para os motoristas.Aqui abaixo Minnie presencia um assalto que estava em andamento antes de tudo ficar parado, paralisado.Minnie então age e deixa tudo com um toque feminino!Na cabeça de Minnie a culpa é toda da Cafeteira. E na minha cabeça eu acreditava que fosse coisas de forças alieniginas que haviam invadido Patópolis e deixado tudo e todos em  estado letárgico.

No exato momento em que  Minnie destroi a cafeteira tudo volta a ação de onde havia parado. Teria sido mesmo a cafeteira a origem de tudo isso?Pois então veja essa página de baixo e o final desta história…É meu amigo disneyano, tudo isso aconteceu porque o prefeito de Patópolis assiu decidiu, que haveria um “pare onde estiver“. A força política manda muito em patópolis hein!! XD. Tudo parou pela vontade soberana do prefeito, aviões e Helicópteros pararam no ar sem cair como se fossem desenhos no céu (e é o que são mesmo XD).
Animais como cachorros e pássaros ficaram paralisados, os bandidos que assaltavam o banco, se deixaram prender porque o prefeito assim o quis que eles no momento do assalto ficassem congelados. Enfim a história mais tola e sem sentido que já li nos últimos tempos.

A tradução também está bem pobre, claro que estou me baseando na edição americana que é a que possuo na minha coleção e não na edição italiana que é de onde surgiu a história pela primeira vez.
Eu até ficaria contente com o roteiro, se a explicação fosse que,  forças alieníginas ou do além invadiram a cidade e com algum poder extra-terrestre paralisaram tudo.  Mas o prefeito ahh! tenha santa paciência!!!

Enfim amigo disneyano, você pode argumentar, mas isso é só uma histórinha Disney para crianças (público alvo destas publicações), e eu responderei: sim eu sei absolutamente tudo isso. Mas me senti envergonhado de ler isso até pro meu filho Leo de 3 anos. Eu diria pra ele que tudo parou, porque essa foi a vontade de uma pessoa? (no caso o personagem prefeito, que, por sinal,  só é citado na história). Sinceramente, e essa é só a minha opinião, essa história é muito fraca e sem sentido. Os desenhos são ótimos mas o roteiro tem a profundidade de um pires. Até a próxima!

Fonte: Edição Minnie #4 da coleção de Ludy e Inducks

Anúncios

6 Respostas to “Minnie #4 – “O Mistério da Cafeteira” (atenção contém Spoiler)”

  1. paulogibi outubro 1, 2011 às 16:04 #

    Oi Ludy, essa hq é mesmo interessante. O final dela foi feito exatamente para dar essa dupla ou falsa impressão: teria sido um paradoxo temporal? O tempo haveria mesmo parado naquele instante? Ou, como apresentado no último quadro da hq, seria uma “pegadinha” ou “brincadeira” da prefeitura de Patópolis? Na minha opinião, foi mesmo uma parada no tempo. Assisti um filme assim, pouco tempo atrás, onde o tempo pára e a pessoa se movimenta entre as pessoas estáticas… Acho que os autores da hq podem ter se inspirado até mesmo nesse filme. Como sei que foi o tempo que parou? Sei porque seria impossível o helicóptero parar no ar, os bandidos assaltando o banco, não parariam suas ações, os carros não interromperiam suas trajetórias para se chocar, e etc… O que ocorre, é que a Clarabela teve essa fala no último quadrinho, tentando achar uma explicação razoável para o fenômeno que a Minnie acabara de narrar. isso é muito comum na reação da maioria das pessoas, diante de um fenômeno físico inexplicável. Por exemplo: se aparecesse um OVNI voando e se deslocando a grandes velocidades numa grande cidade, como São Paulo, por exemplo, muitos diriam que é um golpe publicitário, um balão metereológico ou algo assim. Note que logo no primeiro quadrinho da hq, tem a fala do narrador… “Essa é realmente uma história estranha, vivida entre a fantasia e a ficção” . Eu escolhi a ficção e adorei a história… Abs. Paulo.

    • Ludy outubro 1, 2011 às 19:15 #

      Amigo Paulo entendi perfeitamente o que você quer dizer, e também pode ser uma explicação lógica para isso, pois para mim pareceu uma história sem sentido algum. Peguei minha edição em inglês e fui ler os últimos diálogos da Minnie e Margarida e não há citação alguma a prefeito algum, talvez tenha sido esse o grande equívoco.

      Clarabela retorna com o café dizendo:
      Minnie! i’m back with the coffe! (Minnie! Estou de volta com o café!)
      e Minnie responde:
      Thanks, but i made us tea instead! (Obrigado, mas eu fiz chá pra nós) “em vez do café!”
      E Clarabela diz então:
      Changed your mind (Mudou de idéia)
      Ao que Minnie responde:
      I’m going to take a break from coffe (Vou fazer uma pausa de café)
      E Clarabela mais uma vez responde
      good idea. Too much caffeine can make you jittery (boa idéia. Muita cafeína pode torná-la ou “deixá-la” nervosa.
      E a última palavra que na revista da Minnie está como o diálogo da Clarabela falando sobre o prefeito na verdade é a Minnie quem diz:

      and not enough can make time stand still! but that’s another story entirely…!
      e não o suficiente pode fazer o tempo parar! mas isso é outra história completamente …!

      Não tem nenhuma palavra sobre prefeito e tal. Realmente a tradução em português pecou muito e talvez isso tenha me levado a cometer algum equívoco na percepção da história.

      Abração Paulo e obrigado por sua visita e comentário.

  2. paulogibi outubro 1, 2011 às 20:14 #

    Oi Ludy, achei muito interessante você ter o diálogo no inglÊs e perceber furos na tradução. Costumamos ver isso nos filmes quando são legendados e vemos no áúdio original que não é exatamente aquilo que os atores estão dizendo… Talvez, tenha sido um problema na tradução mesmo. Abs. Paulo

    • Ludy outubro 2, 2011 às 9:21 #

      É verdade Paulo, mas se for isso melhor pois a história do prefeito como conclusão de algo inusitado não tem lógica, se for de outra forma realmente a história é bem bacana, pois aí tivemos a Minnie fazendo boas ações e também “pregando” algumas peças pela cidade inteira. Obrigado pelo comentário Paulão!

  3. sergiokid outubro 3, 2011 às 10:10 #

    Eu achei a história ótima, a não ser pelo quadro final. Segundo essa tradução então Ludy, a Abril quem ESCULHAMBOU a história, inventando uma tradução sem pé nem cabeça pro quadro final, o que é, se for confirmado mesmo que no original não tem esse trecho, uma PURA SACANAGEM ( Sem stress, rsrs).

  4. Ahundson Carneiro junho 11, 2012 às 10:47 #

    poxa!! a história poderia ter um final melhorl, bem que poderia colocar a culpa no professor Pardal, terminaria suave e compreensível para todos nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: