Álbuns Disney #1 – Pato Donald (O Terror do Rio)

21 ago

Olá amigo disnyano, leitor do blog Universo Disney 2. Muitos que chegam até aqui, não comentam no blog, porem leem os posts e isso pra mim já é interessante.
Estou preparando uma série de postagens sobre os Álbuns Disney, que são oito no total, e eu tenho a sorte de ter todos na minha pequena coleção Disney.
E hoje vou começar trazendo óbvio, o número #1 que abre a série de oito números.
Pato Donald em: O Terror do Rio

Esse álbum com capa cartonada de 52 páginas foi publicado em junho de 1990. A capa (que abre o post) é uma ideia de Carl Barks desenhada pelo holandês  Daan Jippes.

Aqui abaixo uma pequena introdução ao álbum.

Confira abaixo uma introdução de Marcelo Alencar para essa aventura que saiu em  OMelhor da Disney – As Obras Completas Carl Barks volume #10.

Aqui começamos propriamente o álbum, apresentando a primeira aventura. Pato Donald em “O Terror do Rio” (The Terror of The  River, no original inglês).
Essa aventura envolvendo Donald e os sobrinhos, foi criada em 25 de janeiro de 1945 com roteiro e desenhos do “Homem dos Patos”, Carl Barks. O Terror do Rio foi publicada pela primeira vez em 1946. No Brasil foi publicada cinco vezes. A primeria vez em O Pato Donald #19 de janeiro de 1952. Foi republicada no Almanaque Disney #123 de agosto de 1981 (por sinal uma das capas mais feias que eu já vi numa revista Disney!). O Terror do Rio também foi republicada na edição Anos de Ouro do Pato Donald #3 de junho de 1988 e republica ainda mais duas vezes, edição que eu apresento hoje Álbuns Disney #1 – Pato Donald de junho de 1990 e uma última vez em abril de 2005 na edição O Melhor da Disney – As Obras Completas de Carl Barks  volume #10.

Donald entra num leilão pra se proteger do frio e acaba comprando, sem desejar, um velho barco (casa-barco). Nesta edição de 1990 o preço do barco ainda é pela moeda vigente na época aqui no Brasil, ou seja, o famoso Cruzado novo (um vexame para o povo brasileiro). Na edição de 2005 Donald acaba comprando a casa-barca por apenas 30 patacas. Num outro momento da historia os meninos descobrem que a barca está distante de Patópolis 3 mil quilometros. Na edição de 2005 a distância é ainda maior 4 mil quilometros, e o detalhe, é que essa distância é vencida dentro do 313, acredite se quiser, mas nas HQs tudo vale.

Donald e os meninos depois de pagarem todas às despesas com o barco e reformarem a embarcação, que na verdade estava submersa no pier do Zecão nesse lugarejo chamado Aguaceiro,  resolvem explorar o rio e passear na sua casa-barco, agora novinha em folha novamente. Mas logo se deparam com um monstruoso ser marinho que assobra aquele lamacento rio Ohio.
Mas a enorme serpente marinha não é de verdade alguém controla esse enorme balão de borracha. E aí entra a falha no roteiro do Barks. A serpente é feita de borracha mas quando investe contra qualquer barco, ela detona tudo, vira barco, destrói, quebra deixa uma verdadeira devastação nas margens do rio, um cemitério de navios. Algo que somente algo muito pesado e forte poderia fazer. O vilão também é o mais bobo que já vi em muitos anos de leitura Disney (Barks sabia que o seu vilão era um idiota e totalmente maluco, tanto que o próprio Donald o chama de bobo). Mas mesmo assim a aventura é saborosa e gostei muito de reler para poder fazer essa postagem. Os meninos estão muito espertos nessa aventura e o Donald também age como um pato determinado e corajoso ao enfrentar…

…O vilão doidão

No final tudo dá certo e Donald e os meninos são tratados como heróis pela população local. 

A seguir, uma pequena historinha chamada: O Caso das Focas (Seals Are So Smart! no original inglês), com roteiro e desenhos do Barks, criada e publicada em 25 de janeiro de 1946.
Os meninos encontram uma foquinha perdida na praia e Donald tenta tirar vantagem em cima do animalsinho. Mal sabe ele que a foca-pai está por perto e pode complicar a vida do pato.
O Caso das Focas foi publicada no Brasil quatro vezes. A primeira vez foi em O Pato Donald #46 de 23 de setembro de 1952.

Também publicada nesta edição que comento hoje. Foi republicada posteriormente em junho de 2001 no Tio Patinhas #431 e uma última vez em O Melhor da Disney Volume #10.
Abaixo você confere a terceira historia dessse álbum número #1. Pato Donald em: O Supervisor do Acampamento (Camp Counselor no original inglês). Essa pequena aventura de Donald, sobrinhos e os escoteiros, que ainda não eram os famosos Escoteiros-Mirins, tem o talento de Carl Barks no roteiro e desenhos.
Publicada pela primeira vez em julho de 1950 mas criada uns meses antes, em 25 de janeiro de 1950.
No Brasil “) Supervisor do Acampamento foi publicada três vezes. Em novembro de 1989 na revista O Pato Donald #1851. Nesta edição que comento hoje, Álbum Disney #1 e mais recentemente em setembro de 2007 na coleção que homenageia Carl Barks, O Melhor da Disney volume #32.

Donald é uma especie de monitor em um acampamento na floresta, diz a seus sobrinhos e outras crianças que a floresta  é amiga deles e aconselha-os que em  caso de perigo subam em uma árvore, ele imediatamente coloca em prática sua teoria quando uma águia pousa em uma árvore perto deles, dando um grande exemplo de covardia frente aos jovens escoteiros. Depois disso os meninos tripudiam em cima do tio, que revoltado faz de tudo para recuperar a autoridade e o respeito perdidos, mas aí já é tarde e a historia do Barks virá uma grande diversão, principalmente quando Donald encontra uma pele de urso e resolve usar essa pele para simular que está lutando com um enorme urso marrom e consequentemente defendeno o acampamento do voraz e furioso ursão da floresta. Essa aventura é diversão garantida. Barks apresenta muitas gags engraçadas. Em breve Álbuns Disney #2, Os Fabricantes de Terremotos, recentemente republicada em 25 de outubro de 2011, no Disney Big #11. No Universo Disney 1 tem uma postagem antiga de 2010 sobre Os Fabricantes de Terremoto. Confira AQUI.

Por hoje era só amigo disneyano, até a próxima, que Patópolis esteja sempre dentro de você!!!

Fonte: Álbuns Disney #1 Pato Donald, O Melhor da Disney #10 e #32 (todos da coleção de Ludy, autor dos Blogs Universo Disney 1 e 2) e Inducks.

4 Respostas to “Álbuns Disney #1 – Pato Donald (O Terror do Rio)”

  1. Tiago da Rocha agosto 22, 2012 às 10:22 #

    Cara, quase comprei este volume umas 5 vezes aqui em Porto Alegre hehe Se não me engano ele esta R$ 10 ou 20 hehe
    Mas agora depois de ler teu post tô pensando em pegar de novo hehe.
    Abs meu.

    http://www.palitosnerds.blogspot.com

    • Ludy agosto 22, 2012 às 12:08 #

      Fala Tiago. Tenho certeza que vai ser uma grana bem empregada. vale a pena ter esse material cara. Abraços aí velhão e tudo de bom e não esqueça que Patópolis esteja sempre contigo!!!

  2. daniel agosto 22, 2012 às 10:36 #

    Eu tenho Ludy,os anos de 90 e 91 foram muito especiais.Foram muitas edições pra lá de especiais …Mistério dos Signos , Álbuns Disney, Anos de ouro e muitas outras edições que ficaram na memória. Abraços.

    • Ludy agosto 27, 2012 às 7:14 #

      Oi Daniel, realmente tivemos muitos especiais maravilhosos. Mas uma coisa tem que ser dita os anos dois mil estão sendo muito bons para os quadrinhos Disney, tem muito lançamento chegando a toda hora. Eu pelo menos estou adorando esse boom dos quadrinhos Disney. Um abração!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: